[Discussão] Pokémon Let's Go, Pikachu! & Let's Go, Eevee!

Comente sobre seus monstrinhos preferidos, troque, batalhe, tire dúvidas e discuta as melhores estratégias.
Índice do fórum Videogames Pokémon Blast
    • + 2

Mensagempor Mother_Mazza » Qui, 31 Mai 2018, 15:13

Pessoal, me perdoem por fazer um post off-topic, mas e terrível fazer novos tópicos no meu tablet (ele trava e buga quase toda hora) e essa notícia e simplesmente sensacional:

https://www.resetera.com/threads/the-sp ... ine.45913/

A demo da Space World (uma convenção de games de 1997) de Pokémon Gold foi vazada e possuí uma quantidade consideravel de sprites com designs e Pokémons beta que nunca foram usados. Há uma evolução para o Ditto, um proto Tangrowth, uma pré - evolução para o Meowth e vários outros monstros:

Imagem

Há outros elementos beta que o tópico também menciona como um mapa bem maior para Johto e uma cidade que representa a região inteira de Kanto. Recomendo muito que leiam o tópico pois os detalhes sobre o que foi mudado ou deixado de fora são muito maneiros.
ImagemImagem

Userbars

Avatar do usuário

    • + 2

Re: Re:

Mensagempor Lucas_XY » Qui, 31 Mai 2018, 15:17

Prinny escreveu:Olha existem incontáveis maneiras de deixar random encounters menos cansativos.
Exemplos: Já jogou ou conhece Bravely Defaut? Pois bem, nos jogos da série existe algo muito legal que é controlar a taxa de random encounters do jogo. Você decide se vão ser muitos, poucos e se não vai ter nenhum. Fora que as batalhas são super rápidas o que tira bastante o tédio disso. Então...porque não aplicar algo assim em Pokémon?

Repel.
afins

Avatar do usuário

    • + 1

Re: Re:

Mensagempor Tatical » Qui, 31 Mai 2018, 15:27

Ryuuma escreveu:
Tatical escreveu:
Ryuuma escreveu:Sério que jogar a pokebola é tão ruim assim?

Não que eu ache a ideia mais genial do mundo, mas vocês reclamam como se fosse fazer falta o modelo clássico de captura de pokemon.

Por favor galera, estão substituindo a ação de ficar 3 horas andando pra cima e pra baixo numa caverna, esperando aparecer o bicho certo no meio dos zubats, ai quando ele enfim aparece, tu usa seu pokemon designado especificamente para capturas (um slot inteiro da sua party) pra enfim capturar o bendito.

O pessoal reclamando do novo estilo de captura da até a impressão que antes era uma maravilha.

Você realmente quer que eu fique tacando pokebola mexendo o braço num console? Tenho nem espaço pra isso, e nunca achei tão ruim assim capturar pokemon, achava a aleatoriedade do encontro a parada mais legal, e em 10 minutos tu encontra todos os pokemon de uma área, nunca teve nada tão absurdo assim de 3 horas.


Pô tatical, perae manolo! Defender que o modelo classico de captura pode ser melhor que esse novo que estão implantando, tudo bem, é questão de opinião, estou com pé atras também, só que acho que o antigo não era lá essas coisas. Outra coisa, reveja o trailer antre 2:15~2:17, da pra ver que a mecânica de captura pode ser usada sem motion, ou seja, é opcional (afinal de contas, a nintendo já aprendeu lá no wii que é pra manter essas porcarias opcionais =p)
Mas trocar as lutas aleatórias por pokemon visíveis no mapa, definitivamente foi um avanço. Vai incrementar demais a exploração isso.


Mas se tirar o modo "pokemon go" da captura vai fazer o que? apertar um botão e ele vai tacar a ball? Seria meio tosco.
E pokemon visível no mapa, não sei, pode ser legal, mas o último jogo que tinha isso que eu joguei, FFXIII, não era. Acho que a caça de shiny vai ficar mais chata um pouco. Mas sei lá, esse jogo ta tão zuado, que aparecer pokemon ou não no mapa tanto faz.
Avatar do usuário

    • + 2

Re:

Mensagempor Tatical » Qui, 31 Mai 2018, 15:32

Ryuuma escreveu:Quando eu vi o trailer, fiquei revoltado, mas ai logo veio a informação que não era o novo game da nova geração. AI eu ja acalmei, e isso está me ajudando a digerir esse novo jogo e as boas possibilidades que ele pode trazer.


Quando eu vi que não era a principal eu fiquei mais puto, tanto spinoff mais legal ( MD/Conquest) pra eles pegarem o mesmo jogo, capar, e lançar.

Sabe o que dificultaria pokemon? AutoSave.
Avatar do usuário

    • + 1

Mensagempor ari789 » Qui, 31 Mai 2018, 16:17

Recomendo darem uma olhada, tem todos os easter eggs ( inclusive adorei o lance do esquema de cores de Red/Blue/Green e Yellow ), detalhes e etc...
Imagem

SPOILER

Avatar do usuário

    • + 2

Re: Re:

Mensagempor Ryuuma » Qui, 31 Mai 2018, 16:22

Prinny escreveu:...Você sabe que isso já acontece em quase todos os jogos né? -q desdo começo existem pokémon forte que exigem da sua party pra você capturar eles, então não entendi esse argumento.


Acredito que fui mal interpretado. Não estou falando do lendário estar em um nível alto, estou falando dele ser anormalmente poderoso, imagina que ele esteja no nivel 70 e o player precisaria de uma full party com pokemon no nivel 80, e todos os pokemon mesmo assim teriam dificuldades para derrotar o chefe.
No estilo chefe superpoderoso de RPG mesmo, que depois que tu derrota entra pra sua party muito mais fraco do que quando era chefe, entendeu?


Prinny escreveu:Você diz capturar o pokémon instantaneamente depois da batalha? Eu penso que isso daria alguns problemas no level de dificuldade do jogo, imagina se você grindou demais? A captura dele não seria ultra fácil?


acredito que a resposta do primeiro quote serve pra isso. Enfim, overgrind é problema em qualquer rpg.



Prinny escreveu:Cara você sabe que dá pra capturar pokémon sem grindar Parasect com esses moves né? -q


Claro que eu sei, estou apenas usando um exemplo clássico para elucidar algo que ficou muito claro: a mecânica de captura atual exige sim pokemon designados e treinadas com o intuito de capturar. E isso, nem sempre é bom.
Se a mecânica de reduzir o HP ao minimo possível para enfraquecer e capturar for trocada por uma mecanica onde você tem que derrotar o pokemon e depois tentar capturar, pode ser um avanço no gameplay.



Prinny escreveu:Olha existem incontáveis maneiras de deixar random encounters menos cansativos.
Exemplos: Já jogou ou conhece Bravely Defaut? Pois bem, nos jogos da série existe algo muito legal que é controlar a taxa de random encounters do jogo. Você decide se vão ser muitos, poucos e se não vai ter nenhum. Fora que as batalhas são super rápidas o que tira bastante o tédio disso. Então...porque não aplicar algo assim em Pokémon?

Ou até mesmo o mais simples que é só diminuir a "chuva" de Zubats -q Deixar uma taxa de encontros menor.


Tudo isso que você disse (e o que falaram abaixo de repel) são apenas maneiras de deixar o random encounter menos frustrantes (você mesmo usou o termo "menos cansativo"). O que você disse seriam exemplos de uma mudança na mecânica, mas porque não usar a mecânica que foi implementada? Por mais "não tão desagradáveis" que sejam os random encounter, eles continuam sendo um RNG com o qual somos obrigados a lidar.
Basicamente, você está defendendo a ideia de manter um negócio chato e criar estratégias pra ele ficar menos desagradável, ao invés de simplesmente tirar essa mecânica pé no saco e trocá-la por uma bem melhor.

Não sei como funciona bravely default, mas em pokemon, diferente da maioria dos rpgs onde o random encounter define apenas o inimigo que vai dropar gold e xp, em pokemon é realmente importante qual adversário você vai enfrentar, porque você está lá para CAPTURAR o pokemon. Você está lá nas profundezas de uma caverna procurando um pokemon raro, mas antes de encontra-lo, provavelmente vai ter que ficar dando comando de fugir de batalhas indesejadas dezenas de vezes, isso é apenas perda de tempo, uma atividade monótona. Por que não trocar isso por um monte de bixo pulando na tela? Ao menos não é tão entediante ficar desviando dos confrontos indesejados esperando o spam do pokemon certo.

Sério, não consigo entender a lógica de achar que o random encounter é melhor que ver o pokemon. Basicamente, é atestar que vocês gostam de sofrer.

Prinny escreveu:Mas uma pergunta a você, qual foi o ultimo jogo da série que você jogou?


XY
Avatar do usuário

    • + 2

Re:

Mensagempor Ryuuma » Qui, 31 Mai 2018, 16:31

Mother_Mazza escreveu:Pessoal, me perdoem por fazer um post off-topic, mas e terrível fazer novos tópicos no meu tablet (ele trava e buga quase toda hora) e essa notícia e simplesmente sensacional:

https://www.resetera.com/threads/the-sp ... ine.45913/

A demo da Space World (uma convenção de games de 1997) de Pokémon Gold foi vazada e possuí uma quantidade consideravel de sprites com designs e Pokémons beta que nunca foram usados. Há uma evolução para o Ditto, um proto Tangrowth, uma pré - evolução para o Meowth e vários outros monstros:

Imagem

Há outros elementos beta que o tópico também menciona como um mapa bem maior para Johto e uma cidade que representa a região inteira de Kanto. Recomendo muito que leiam o tópico pois os detalhes sobre o que foi mudado ou deixado de fora são muito maneiros.


Quotando porque passou desapercebido, mas é realmente incrível e todos deveriam ver, hahaha!
Avatar do usuário

    • + 1

Re: Re:

Mensagempor Prinny » Qui, 31 Mai 2018, 17:16

Ryuuma escreveu:Acredito que fui mal interpretado. Não estou falando do lendário estar em um nível alto, estou falando dele ser anormalmente poderoso, imagina que ele esteja no nivel 70 e o player precisaria de uma full party com pokemon no nivel 80, e todos os pokemon mesmo assim teriam dificuldades para derrotar o chefe.
No estilo chefe superpoderoso de RPG mesmo, que depois que tu derrota entra pra sua party muito mais fraco do que quando era chefe, entendeu?


Novamente, isso já acontece. Existem vários pokémon na série que são complicados de capturar nesse nível que você está falando. Principalmente nos jogos recentes onde eles melhoraram a AI dos inimigos. Não vejo diferença de alguns lendários do jogo pra chefões de RPG como você falou.

Ryuuma escreveu:Claro que eu sei, estou apenas usando um exemplo clássico para elucidar algo que ficou muito claro: a mecânica de captura atual exige sim pokemon designados e treinadas com o intuito de capturar. E isso, nem sempre é bom.
Se a mecânica de reduzir o HP ao minimo possível para enfraquecer e capturar for trocada por uma mecanica onde você tem que derrotar o pokemon e depois tentar capturar, pode ser um avanço no gameplay.


Não, não exige não -q De todos os lendários que eu já capturei em Pokémon eu mal usava um pokémon com move pra paralisar -q Ou as vezes nem isso. Nunca usei um Pokémon específico pra isso.

Ryuuma escreveu:Tudo isso que você disse (e o que falaram abaixo de repel) são apenas maneiras de deixar o random encounter menos frustrantes (você mesmo usou o termo "menos cansativo"). O que você disse seriam exemplos de uma mudança na mecânica, mas porque não usar a mecânica que foi implementada? Por mais "não tão desagradáveis" que sejam os random encounter, eles continuam sendo um RNG com o qual somos obrigados a lidar.
Basicamente, você está defendendo a ideia de manter um negócio chato e criar estratégias pra ele ficar menos desagradável, ao invés de simplesmente tirar essa mecânica pé no saco e trocá-la por uma bem melhor.


Não não, não foi isso que quis dizer. Frustrante e cansativo pelo menos pra mim são diferentes.
E ser chato ou não é de fato um ponto um tanto subjetivo. Eu por exemplo acho que não tenho problemas com random encounters em RPGs desde que eles não sejam em excesso, o que convenhamos não é mais muito um problema em Pokémon desde Hoenn. Eu falei que é cansativo quando você quer um pokémon raro da rota e tals e ainda sim não é algo tão ruim pela recompensa de encontrar o Pokémon.

E as minhas ideias não foram exatamente pra deixar a mecânica "menos desagradável"(porque pra mim ela não é desagradável exatamente) e sim pra tentar agradar gregos e troianos sem que a essência da parada se perca(o que eu falei lá atrás sobre o mistério de se descobrir um pokémon no matinho lembra?)


Ryuuma escreveu:Não sei como funciona bravely default, mas em pokemon, diferente da maioria dos rpgs onde o random encounter define apenas o inimigo que vai dropar gold e xp, em pokemon é realmente importante qual adversário você vai enfrentar, porque você está lá para CAPTURAR o pokemon. Você está lá nas profundezas de uma caverna procurando um pokemon raro, mas antes de encontra-lo, provavelmente vai ter que ficar dando comando de fugir de batalhas indesejadas dezenas de vezes, isso é apenas perda de tempo, uma atividade monótona. Por que não trocar isso por um monte de bixo pulando na tela? Ao menos não é tão entediante ficar desviando dos confrontos indesejados esperando o spam do pokemon certo.


Novamente pelo que eu falei anteriormente, ver o Pokémon na tela tiraria o "fator descoberta" que a parada tem. Qual seria a graça de já saber onde está sei lá o Bagon da rota? Não tem mais o mesmo feel sabe? Deixaria meio sem graça pra mim.
Imagem

Imagem
Avatar do usuário

    • + 4

Mensagempor Ryuuma » Qui, 31 Mai 2018, 18:14

Prinny

Em relação aos randon encounters: Eu entendo o seu ponto de vista agora,esse novo sistema detroi um pouco da surpresa de encontrar o pokemon em troca de tornar a exploração mais fluída e agradável. É uma troca de experiências, ai vai da opinião de cada um do que é melhor e o que é pior.
Enfim ainda acredito que isso não foi o motivo do pessoal ficar chiando. Se tivesse essa mudança da abordagem aos pokemon, mas não tivessem repaginado a mecânica de captura, acho que não teria gerado tanto descontentamento.

Quanto que que tange as batalhas: Acho que você ainda não me entendeu, e acho que você tem pouca experiência com as batalhas de RPG que eu to citando. Definitivamente, em pokemon nunca aconteceu o que eu estou propondo. Eu to falando de você usar outrage com o seu salamance no Lv 80 e ver que o Zekrom (no Lv 70) perdeu míseros 8~9% do hp dele, e que ele possui maneiras de recuperar o próprio HP. =]
Avatar do usuário

    • + 2

Re:

Mensagempor Prinny » Qui, 31 Mai 2018, 18:54

Ryuuma escreveu:Prinny

Em relação aos randon encounters: Eu entendo o seu ponto de vista agora,esse novo sistema detroi um pouco da surpresa de encontrar o pokemon em troca de tornar a exploração mais fluída e agradável. É uma troca de experiências, ai vai da opinião de cada um do que é melhor e o que é pior.
Enfim ainda acredito que isso não foi o motivo do pessoal ficar chiando. Se tivesse essa mudança da abordagem aos pokemon, mas não tivessem repaginado a mecânica de captura, acho que não teria gerado tanto descontentamento.

Quanto que que tange as batalhas: Acho que você ainda não me entendeu, e acho que você tem pouca experiência com as batalhas de RPG que eu to citando. Definitivamente, em pokemon nunca aconteceu o que eu estou propondo. Eu to falando de você usar outrage com o seu salamance no Lv 80 e ver que o Zekrom (no Lv 70) perdeu míseros 8~9% do hp dele, e que ele possui maneiras de recuperar o próprio HP. =]


Pois é, no final é uma discussão meio subjetiva -q Eu prefiro do modo antigo e você gostou desse novo, normal.

e ofendido com a parte do eu não ter experiência com RPGs, humpf Entendo o que você quer dizer. Só estava falando que não acho elas tão diferente assim dessas batalhas. Depende do level que seus pokémon estão também. E lembro de um ou outro pokémon que usam maneiras de recuperar o próprio HP como o próprio Mewtwo já nas primeiras gerações. Um exemplo recente é o Ultra Necrozma que falam que tem status de pokémon de metagame e usa estratégias bem complexas.

also, seu aniversário é hoje né? Parabéns -q
Imagem

Imagem
Avatar do usuário

    • + 1

Mensagempor Ryuuma » Qui, 31 Mai 2018, 20:12

Bom, ai dos jogos mais novos, não tive contato, então não sei como é a luta com o ultra necrozma. Nunca me interessei por portáteis então só vou jogar o game uns tantos anos depois que saem, quando já são emuláveis :lol:

Vlw pelas felicitações, hehe.
Avatar do usuário

    • + 0

Re: Re:

Mensagempor Rafaelm » Qui, 31 Mai 2018, 22:03

Prinny escreveu:
Ryuuma escreveu:Acredito que fui mal interpretado. Não estou falando do lendário estar em um nível alto, estou falando dele ser anormalmente poderoso, imagina que ele esteja no nivel 70 e o player precisaria de uma full party com pokemon no nivel 80, e todos os pokemon mesmo assim teriam dificuldades para derrotar o chefe.
No estilo chefe superpoderoso de RPG mesmo, que depois que tu derrota entra pra sua party muito mais fraco do que quando era chefe, entendeu?


Novamente, isso já acontece. Existem vários pokémon na série que são complicados de capturar nesse nível que você está falando. Principalmente nos jogos recentes onde eles melhoraram a AI dos inimigos. Não vejo diferença de alguns lendários do jogo pra chefões de RPG como você falou.

Ryuuma escreveu:Claro que eu sei, estou apenas usando um exemplo clássico para elucidar algo que ficou muito claro: a mecânica de captura atual exige sim pokemon designados e treinadas com o intuito de capturar. E isso, nem sempre é bom.
Se a mecânica de reduzir o HP ao minimo possível para enfraquecer e capturar for trocada por uma mecanica onde você tem que derrotar o pokemon e depois tentar capturar, pode ser um avanço no gameplay.


Não, não exige não -q De todos os lendários que eu já capturei em Pokémon eu mal usava um pokémon com move pra paralisar -q Ou as vezes nem isso. Nunca usei um Pokémon específico pra isso.

Ryuuma escreveu:Tudo isso que você disse (e o que falaram abaixo de repel) são apenas maneiras de deixar o random encounter menos frustrantes (você mesmo usou o termo "menos cansativo"). O que você disse seriam exemplos de uma mudança na mecânica, mas porque não usar a mecânica que foi implementada? Por mais "não tão desagradáveis" que sejam os random encounter, eles continuam sendo um RNG com o qual somos obrigados a lidar.
Basicamente, você está defendendo a ideia de manter um negócio chato e criar estratégias pra ele ficar menos desagradável, ao invés de simplesmente tirar essa mecânica pé no saco e trocá-la por uma bem melhor.


Não não, não foi isso que quis dizer. Frustrante e cansativo pelo menos pra mim são diferentes.
E ser chato ou não é de fato um ponto um tanto subjetivo. Eu por exemplo acho que não tenho problemas com random encounters em RPGs desde que eles não sejam em excesso, o que convenhamos não é mais muito um problema em Pokémon desde Hoenn. Eu falei que é cansativo quando você quer um pokémon raro da rota e tals e ainda sim não é algo tão ruim pela recompensa de encontrar o Pokémon.

E as minhas ideias não foram exatamente pra deixar a mecânica "menos desagradável"(porque pra mim ela não é desagradável exatamente) e sim pra tentar agradar gregos e troianos sem que a essência da parada se perca(o que eu falei lá atrás sobre o mistério de se descobrir um pokémon no matinho lembra?)


Ryuuma escreveu:Não sei como funciona bravely default, mas em pokemon, diferente da maioria dos rpgs onde o random encounter define apenas o inimigo que vai dropar gold e xp, em pokemon é realmente importante qual adversário você vai enfrentar, porque você está lá para CAPTURAR o pokemon. Você está lá nas profundezas de uma caverna procurando um pokemon raro, mas antes de encontra-lo, provavelmente vai ter que ficar dando comando de fugir de batalhas indesejadas dezenas de vezes, isso é apenas perda de tempo, uma atividade monótona. Por que não trocar isso por um monte de bixo pulando na tela? Ao menos não é tão entediante ficar desviando dos confrontos indesejados esperando o spam do pokemon certo.


Novamente pelo que eu falei anteriormente, ver o Pokémon na tela tiraria o "fator descoberta" que a parada tem. Qual seria a graça de já saber onde está sei lá o Bagon da rota? Não tem mais o mesmo feel sabe? Deixaria meio sem graça pra mim.

Mas esse problema é facilmente contornavel, é só fazer o pokemon aparecer em horarios especificos ou tendo que vencer varios outros na area. Ou mesmo ele aparecer rapidamente e ser fujão de você, dá pra contonar bem facil e evita as batalhas aleatorias chatissimas que odeio desde sempre.

Também da para os pokemons só aparecerem se você ficar bastante tempo no mapa como um reswpawm, no omega ruby tem pokes que aparecem assim, tu fica um tempo no mapa e eles aparecem tipo uma sombra no mato e tu enfrenta ele e pode vir pokemon raro, pode ser um sistema assim.

O bravely default tem no options a opção de zerar a taxa de encontros aleatorios (pode te deixar bem fraco pra avançar o jogo porém como é no options qualquer hora tu pode alterar), deixar normal ou duplicar a chance. É uma outra alternativa bem interessante também, bem criativa e que facilitaria bastante.
Jesus é o caminho. A verdade e a vida. É o caminho para o ceu. Faz a nos reconhecermos como somos fracos, desobedientes e dignos de morte. Mesmo assim estende seu braço de amor para nos dar a vida eterna e nos amar.
Avatar do usuário

    • + 1

Mensagempor Wolflink » Sex, 01 Jun 2018, 17:20

Pokémon Let’s Go, Pikachu e Pokemon: Let’s Go, Eevee foram revelados para o Switch em uma conferência fechado à imprensa no início da semana, e desde então, têm sido um pouco confusas as informações sobre se haverá / e como um sistema online para esses títulos.

A Famitsu então, esclareceu as coisas com a própria The Pokémon Company, revelando que será necessário ser membro do Nintendo Switch Online para fazer uso dos sistemas de troca e batalha. Esse online porém, não será como aquele encontrado em jogos comuns da série, como GTS, Battle Spot e Wonder Trade, apontando para uma experiência mais simples.
Imagem

Imagem

Nintendo Imagem FC:2056-5082-2442

SPOILER

Avatar do usuário

    • + 2

Re:

Mensagempor Chazzy » Sex, 01 Jun 2018, 18:48

Wolflink escreveu:
Pokémon Let’s Go, Pikachu e Pokemon: Let’s Go, Eevee foram revelados para o Switch em uma conferência fechado à imprensa no início da semana, e desde então, têm sido um pouco confusas as informações sobre se haverá / e como um sistema online para esses títulos.

A Famitsu então, esclareceu as coisas com a própria The Pokémon Company, revelando que será necessário ser membro do Nintendo Switch Online para fazer uso dos sistemas de troca e batalha. Esse online porém, não será como aquele encontrado em jogos comuns da série, como GTS, Battle Spot e Wonder Trade, apontando para uma experiência mais simples.


Cada hora eles falam uma coisa diferente... agora já tão falando que precisa do tal "Switch Online".
Imagem
Avatar do usuário

    • + 3

Re:

Mensagempor ari789 » Sex, 01 Jun 2018, 19:54

Wolflink escreveu:
Pokémon Let’s Go, Pikachu e Pokemon: Let’s Go, Eevee foram revelados para o Switch em uma conferência fechado à imprensa no início da semana, e desde então, têm sido um pouco confusas as informações sobre se haverá / e como um sistema online para esses títulos.

A Famitsu então, esclareceu as coisas com a própria The Pokémon Company, revelando que será necessário ser membro do Nintendo Switch Online para fazer uso dos sistemas de troca e batalha. Esse online porém, não será como aquele encontrado em jogos comuns da série, como GTS, Battle Spot e Wonder Trade, apontando para uma experiência mais simples.


Isso ai ta mais confuso que o lançamento do Wii U.
Imagem

SPOILER

Avatar do usuário

AnteriorPróximo

Voltar para Pokémon Blast

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes