Qual o ultimo jogo que você jogou/está jogando?

Discuta sobre outros consoles (PS, XB, PC, Mobile, etc).
    • + 1

Mensagempor GrayFox » Dom, 19 Mai 2019, 12:28

Vou deixar meu backlog aqui, pra não perder a conta de nada :dog:

(por ordem de qual pretendo zerar primeiro)
>Fire Emblem: Path of Radiance (Gamecube)
>Super Mario 64 (N64)
>Super Mario Sunshine (Gamecube)
>The Legend of Zelda: Majora's Mask (N64)
>Phantasy Star 1 (Master System)
>Akumajou Densetsu (NES)
>Super Castlevania IV (SNES)
>Castlevania: Chi no Rondo (PC-Engine)
>Fire Emblem: Ankoku Ryu to Hikari no Tsurugi (NES)
>Shin Megami Tensei 1
>Cave Story
>Metal Gear 2: Solid Snake (MSX)
>Ys: Book 1 & 2
>Mega Man X (SNES)

...é, acho que é isso. Depois vou editando e adicionando qualquer um que esqueci :serra:
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Samato » Dom, 19 Mai 2019, 23:03

Depois de tanto enrolar zerei Fire Emblem: Radiant Dawn (Wii)

Melhor história dos FE de longe junto com o Path of Radiance, mas o gameplay não é dos melhores comparado com os outros FE que joguei.

Agora preciso escolher com sabedoria o próximo jogo... O backlog só aumenta, enquanto o tempo disponível só diminui.
Imagem
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Prinny » Seg, 27 Mai 2019, 23:03

Dando uma revivida no tópico pra falar o que ando jogando recentemente. e na minha conta né, faz tempo que não posto aqui.

Eu simplesmente não sei o que deu em mim, eu sempre achei Dragon Quest uma franquia bem chatinha e super estimada, e agora me encontro um tanto viciado na série.
Depois de ver o trailer do filme em CG de DQ5 (que aliás omg está lindo omg quero muito esse filme logo) eu pensei "eh, vamos dar um chance pra série de novo?" e o jogo super clicou comigo. Acho inclusive que ele entra em um dos melhores RPGs que já joguei.

Joguei pela versão de DS, mas consigo imaginar o quão revolucionário ele foi pra franquia e pra RPGs no geral. Ele sendo um dos pioneiros na parada de capturar monstros (eu sei de SMT mas lá é diferente ok) e tendo uma estrutura tão diferente no plot fez eu admirar o jogo muito mais. A história é ainda o velho "bem contra o mal" mas tem um twist muito legal que dessa vez acompanhamos o protagonista na vida inteira dele, desde a infância até a vida adulta tendo filhos e se casando. É ótimo como suas consequências afetam a narrativa também. Jogo muito bom sério. Bianca best girl, fight me.

Logo depois do 5, parti pro 4 que também gostei bastante. É um pouquinho mas datado mas ainda é um ótimo jogo se pensando na época e como o sistema de capítulos deve ter sido mind blowing. Amo todo o cast de personagens também.

Naturalmente, fui pro 6 logo em seguida pra continuar a trilogia e...eh. É um jogo bem sem graça e chatinho ao meu ver. Joguei 10 horas dele e ele não me atraía da mesma forma que o 4 ou o 5. Talvez futuramente dou outra chance pra ele.

No momento parti pra Dragon Quest Monsters Joker 2 que está sendo uma ótima surpresa, estou amando o jogo. Ouso dizer que ele é melhor que muitos Pokémon. Depois dele pretendo dar um descanso em DQ e jogar outras coisas.

Paralelamente também tenho jogado outras coisas sem muito comprimisso. Venho tentando platinar Celeste, Cuphead e pensando em rejogar Megaman 10 ou 9 com o Protoman. Culpem as ótimas comics da Archie que estou lendo.
Imagem

Imagem
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Mastxadows » Sex, 31 Mai 2019, 20:02

Joguei a beta do Code Vein, achei bem meia boca.

Edit:E estou jogando Ori and the blind forest, puta jogão.
Minha equipe atual em Pokémon Ultra Sun
Imagem
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Mother_Mazza » Dom, 09 Jun 2019, 00:19

Terminei:
Imagem


Estava há anos, se não quase uma década inteira, sem tocar nesse jogo por não ter um Wii (precisava recorrer a lojas de games, amigos ou a rara locadora para isso), mas agora que o comprei, finalmente o revisitei e, putz, ele ainda é exatamente como me lembro: divertido pra caramba como qualquer WarioWare. Os controles de movimento do Wiimote combinaram super bem com a série e deixaram os microgames ainda mais divertidos.
Imagem

Userbars

Avatar do usuário

    • + 1

Mensagempor Nightwalker » Seg, 10 Jun 2019, 21:58

Terminei Final Fantasy 12,



Estou com aproximadamente 80 horas. Ainda tem coisas pra fazer e conteúdo post game, então certamente estarei jogando ele por mais um tempo, mas assim como fiz com o Doom, posso passar minhas impressões. Vou falar primeiro das coisas que eu não gostei.


Não existe comando de pulo no jogo, nem mesmo existe pulo automático, o que significa que situações como essa:

Imagem

Imagem

Acontecem direto no mundo. Sei que tem bastante RPG old school, com câmera de cima, em que não da pra pular, mas mesmo esses costumam pelo menos ter auto-jump ao chegar numa beirada. Ter então um jogo tridimensional e extenso com mundo bonito, mas não ter nenhuma alternativa pra lidar com declividades do cenário é irritante. E isso, junto ao fato do jogo não ter também um comando de sprint ( aumentar a velocidade do jogo não conta, aquilo e mais um tapa buraco do que uma correção nesse aspecto), deixa a exploração um tanto engessada. Ainda na exploração engessada, as vezes até uma grama alta e uma barreira para os personagens. Uma passagem em especial foi bem peculiar, onde a entrada que só os chocobos passam era bloqueada por...grama.

E por falar em Chocobos, não dar pra montar por mais de 180 segundos, eles somem se desmontar, só vale a pena usar quando é mandatório mesmo.

Fast travel no jogo segue aquela filosofia de jogos mais antigos, onde só da pra usar em certos lugares, e é pago de algum jeito. Para um jogo de mundo grande ter fast travel limitado desse jeito, não sei, acho que pra da certo, se movimentar/deslocar no jogo tem que ser bem legal, um outro jogo de PS2 era assim também, Okami.Mas enquanto a Amaterasu e rápida e cheia de comandos, de forma que se deslocar seja divertido, bem, esse não e exatamente o caso no FFXII.

Os mapas, muitas vezes, a mesma localidade como uma cidade, são quebrados em vários loadings. Isso deve ter feito sentido na época do PS2, mas podiam ter mudado isso pra essas versões remasters.

Me incomoda que na batalha não exista shortcut pra nada. Se você estiver querendo jogar com um mago, ou você tem que ficar entrando no menu pra pedir as magias toda hora, ou você coloca no gambit, mas ai você não joga a batalha, você só assisti ela. Por isso mesmo que raramente joguei com mago, era melhor deixar na AI, e controlar um atacante físico, mas mesmo assim, a batalha é bem passiva, as vezes mais do que um jogo de turno. Uma batalha normal no mundo muitas vezes era só falar atacar uma vez e ficar olhando os auto-attacks ate acabar, já que não há comandos em tempo real, para se fazer.

Tenho 2 problemas com a mecânica Quickening. Depende muito de sorte e números aleatórios, nunca curti coisas assim. Cheguei ate a pesquisar a formula de dano disso na wikia
The damage of each quickening hit is:
DMG=RANDOM(1…POW)×RANDOM(1…STR)[1]
POW is a fixed number that depends on the Quickening level.
 POW (Lv1) = 90
 POW (Lv2) = 140
 POW (Lv3) = 230
STR is the Strength of the character performing the hit. The damage of each Quickening is summed up at the end to produce the total damage

A variabilidade é surreal, bem zuado. E ainda tem sorte adicionada no mist charge
The chance for "Mist Charge" to appear as an option depends on the number of Quickening participants.
 1 Participant: 1/6
 2 Participants: 1/7
 3 Participants: 1/8

O segundo problema é que e demorado, as vezes pode rolar até a mesma animação mais de uma vez seguida. Cansa.

Tenho também um grande problema com a mecânica de Summon, por culpado do summon mode. Sério, acho que aquilo de ficar só o personagem que evocou e o esper, enquanto o resto do time vai pra um universo paralelo, só existe porque o PS2 não iria agüentar ter o Esper, mais 3 chars, mais um guest char, todos em campo ao mesmo tempo, como deveria ser.Faria muito mais sentido se você todos em campo ao mesmo tempo, e balancear seria fácil, só mudar o tempo que o esper fica em campo ou o dano que ele da, pra não ficar OP. Podiam ter feito isso também nessas versões remasters.

O botão de interagir com as coisas ser o mesmo que abri o battle command já me irritou em varias situações, principalmente quando eu queria abrir uma porta mais tinha inimigo por perto.

Traps foram mal planejadas. Mais de uma vez situações como essa acontecem:

Imagem

Aqui, enquanto e fácil evitar com o char que você esta controlando, o char que esta na AI ti seguindo não ira evitar, e em um corredor apertado, inevitavelmente ele ira pisar na trap. Uma alternativa e tirar os party members, mas é chato ter que fazer isso só porque meteram uma trap sem pensar direito. E se o char te seguindo for um guest, já era, não da pra tirar ele da party, como nessa imagem ai.

Status negativos são bem overdone. A idéia parece ser dar desafio, mas nem da, contudo, te forca a ficar indo em menu a cada final de batalha pra ficar caçando o item que cura esses diversos debuffs diferentes. Esuna não tira todos os possíveis, e é muito situacional deixar as outras magias de purificação de White mage, nos gambits.


Falando do que eu gostei agora,

Mecânica Gambits, em si, é a estrela do jogo. A idéia por trás da mecânica e muito boa. Um canal que eu sigo, liberou esse vídeo um dia desses.

phpBB [video]


Não é atoa que o FFXII é um dos mencionados. Quantos jogos em que você tem companheiros, dos mais diversos generos, as vezes fazem burrada e te deixam irritado. A idéia por trás do gambit corrige isso ao deixar o comportamento dos nosso parceiros programáveis por nos. Alem de funcionar bem, adiciona toda uma camada de estratégia. Assim como as pessoas nos comentários do video, fico surpreso de não ver mais jogos com mecânica parecida.

Os tesouros voltarem deixa um pouco mais interessante passar de novo pelos lugares, e e balanceado de forma tal que, mesmo dando respawn num tesouro, não chega a ser broken.

O jogo ficou bem bonito, e diria tanto na TV quando no portátil, e bem legal de ver

O jogo possui muitas cidades bem construídas e com bela arquitetura, o mundo do jogo também e bem maior que eu esperava, tem bastante local pra visitar.

Aquilo da batalha ser super passiva que eu mencionei antes, não e de todo ruim, ainda mais porque esse jogo esta num video game como o Switch, que pode ser portátil. Não e atoa que muitas reviews dizem ser a melhor versão do jogo, esse game encaixa muito bem com o modo portátil, principalmente quando você quer jogar mais relaxado, laid back.

A forma como os drops de monstro e feita e bem elegante, uma sacolinha cai bem onde o mostro tava, e a battle log te diz o que você ganhou. Limpo, rápido e eficiente, curti.
Bem legal a license board e todas as opções de classe. Sei que isso não era assim no original, e sei que e nessa versão mais recente que e tranqüilo ficar mudando de classes, então o credito fica todo para essa versão mais recente.

Hunt quests são bem apresentadas, soa pouco, mais uma boa presentation ajuda bastante a motivar a fazer as coisas. Pena que o fast travel do jogo faz dar preguiça de fazer as Hunt quest, e também que esse e o quase o único formato de quests do jogo, ao menos, certamente a maior fração.

E isso, provavelmente passarei das 100 horas, talvez mais. O jogo deixa um tanto a desejar na exploração e outros quesitos menores, mas mecânicas como o gambit são muito boas. Pena que a Square Enix fez só um remaster ao invés de um full remake que traria mais a tona o potencial do game, ao concertar alguns desses problemas mencionados. Gostaria de ver as Square criar um jogo moderno da franquia principal de console, no estilo do XII, mas ao julgar pelos últimos projetos da empresa, não parece que ira acontecer. Podiam até transformar a sequencia Revenant Wings num jogo de console no estilo do XII, mas infelizmente não parece estar nos planos.

O jogo e bem legal, recomendo pra quem tem switch e curti um RPG.
Imagem


Kunihiko Tanaka


Nintendo switch friend code

SW-2951-0500-7235
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Mastxadows » Seg, 10 Jun 2019, 22:44

Jogando State of Decay 2 de novo porque chegou o novo DLC de Trumbull Valley que é mapa do primeiro jogo.
Minha equipe atual em Pokémon Ultra Sun
Imagem
Avatar do usuário

    • + 0

Re:

Mensagempor Nightwalker » Ter, 11 Jun 2019, 12:08

Mastxadows escreveu:Joguei a beta do Code Vein, achei bem meia boca.

Edit:E estou jogando Ori and the blind forest, puta jogão.


É parecido com quais jogos, esse code vein?
Imagem


Kunihiko Tanaka


Nintendo switch friend code

SW-2951-0500-7235
Avatar do usuário

    • + 1

Re: Re:

Mensagempor Mastxadows » Ter, 11 Jun 2019, 17:53

Nightwalker escreveu:
Mastxadows escreveu:Joguei a beta do Code Vein, achei bem meia boca.

Edit:E estou jogando Ori and the blind forest, puta jogão.


É parecido com quais jogos, esse code vein?

É tipo um Darksouls anime, e mais bosta.
Minha equipe atual em Pokémon Ultra Sun
Imagem
Avatar do usuário

    • + 0

Re: Qual o ultimo jogo que você jogou/está jogando?

Mensagempor Arthimura » Dom, 16 Jun 2019, 16:48

Fiquei com uma vontade de jogar um jogo de mascote ultimamente, e resolvi jogar o Ratchet and Clank de PS4. Acabei de terminá-lo e me surpreendi positivamente, o jogo é muito divertido e carismático.

Quanto mais conheço da Insomniac mais gosto deles, incrível como conseguem fazer jogos diferentes um do outro e todos terem um gameplay divertido e prazeroso.

Além do plot leve e divertido, o que mais gostei foram as armas. Tem uma grande diversidade e o gunplay da maioria é prazeroso. A diversidade do gameplay também é legal, além de ser um jogo de aventura completo ainda tem puzzles e partes de combate aéreo.
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Chazzy » Dom, 16 Jun 2019, 19:44

Dei uma jogada no NHL que apareceu na Gold e até que é divertido.
Imagem
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Mastxadows » Ter, 18 Jun 2019, 22:40

Jogando Bloodstained Ritual of the Night, magnífico, maravilhoso, aquilo é Castlevania sem tirar nem por, só tem outro nome.
Obrigado Igarashi.

Edit:Terminei o Bloodstained Ritual of the Night, estou com 99,50% do castelo completo, tá quase.
É o melhor jogo que joguei desde Order of Ecclesia.
Minha equipe atual em Pokémon Ultra Sun
Imagem
Avatar do usuário

    • + 1

Mensagempor Mother_Mazza » Sáb, 22 Jun 2019, 17:07

Fazendo malabarismo entre dois games:

Imagem

Na minha opinião, um dos melhores, se não o melhor Platformer 3D criado. Farei 100% nessa lindeza pela milionésima vez para comemorar a inclusão de Banjo e Kazooie no Smash. :heart:

Imagem

Rapaz, estou incrivelmente cativada pela história, personagens e o mundo desse jogo. Se continuar assim, ele irá empatar com Mother 3, Soul Sacrifice Delta e Phantasy Star IV como os melhores enredos que já vi em videogames.

Até agora, minha única reclamação é em relação as batalhas. O sistema de combate de Xenoblade é desnecessariamente poluído, contendo várias mecânicas, comandos e condições para serem levados em conta. Precisei ler alguns tutoriais várias vezes até entender o que fazer durante aquela bagunça toda dos encontros e Boss Battles contra Mechons.
Imagem

Userbars

Avatar do usuário

    • + 0

Re:

Mensagempor Nightwalker » Sáb, 22 Jun 2019, 17:38

Mother_Mazza escreveu:Fazendo malabarismo entre dois games:

Imagem

Na minha opinião, um dos melhores, se não o melhor Platformer 3D criado. Farei 100% nessa lindeza pela milionésima vez para comemorar a inclusão de Banjo e Kazooie no Smash. :heart:

Imagem

Rapaz, estou incrivelmente cativada pela história, personagens e o mundo desse jogo. Se continuar assim, ele irá empatar com Mother 3, Soul Sacrifice Delta e Phantasy Star IV como os melhores enredos que já vi em videogames.

Até agora, minha única reclamação é em relação as batalhas. O sistema de combate de Xenoblade é desnecessariamente poluído, contendo várias mecânicas, comandos e condições para serem levados em conta. Precisei ler alguns tutoriais várias vezes até entender o que fazer durante aquela bagunça toda dos encontros e Boss Battles contra Mechons.


Sabe, um dos motivos pelo qual não estava no hype do Banjoo, é mais por culpa minha. O fato de que, não joguei Kazooie nem Twooie quando tive o 64. Joguei o DK64 e joguei parte do Conker Bad Fur Day em emulador, mas Banjoo, nada. Acho que cheguei a tocar num que tem pra game boy advanced por emulador, mas não fui longe. Tinha pensado em pegar o Yooka Laylee mas acabei deixando pra lá (not enough cash, stranger).

Só dizendo, a batalha do xenoblade 1 é a mais simples dos 3, :hehe:
Imagem


Kunihiko Tanaka


Nintendo switch friend code

SW-2951-0500-7235
Avatar do usuário

    • + 1

Mensagempor Mastxadows » Sáb, 22 Jun 2019, 21:00

Mapa completinho
Imagem
Minha equipe atual em Pokémon Ultra Sun
Imagem
Avatar do usuário

AnteriorPróximo

Voltar para Outros Consoles

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 5 visitantes