Wii U: Como a Nintendo transformou um fracasso em sua maior vitória

A empresa, seus consoles, franquias e personagens.
Índice do fórum Videogames Nintendo
    • + 6

Wii U: Como a Nintendo transformou um fracasso em sua maior vitória

Mensagempor ArisonRaik » Dom, 22 Jul 2018, 15:32

Imagem
Não é de dúvida nenhuma de que o Nintendo Switch é um sucesso, e nesse ponto qualquer um que negue isso estará simplesmente mentindo. Com quase 20 milhões de consoles vendidos em pouco mais de um ano e uma meta de vender 100 milhões de jogo físicos até o final desse ano, O Nintendo Switch já provou sua força e seu poder sobre a comunidade gamer. No entanto ver a Nintendo voltar a dominar as massas é quase irônico quando em apenas alguns anos atrás a situação era totalmente diferente. O Wii U caminhou um caminho difícil, entre pouco apoio de third parties e a dificuldade em vender uma quantia que seria no mínimo considerada aceitável. Seria o Wii U um console falho que merece ser esquecido ou um console subestimado que desempenhou um papel muito mais importante na história da Big N que as pessoas geralmente dão crédito? Para primeiro entender o que levou o sucesso do Switch é necessário primeiro entender o que levou o fracasso do Wii U.

2012: UM LANÇAMENTO E UMA DECEPÇÃO
Imagem

Em novembro de 2012 era finalmente lançado o Wii U, com a promessa de ser o sucessor do Wii, tanto em gráficos como também em conceito. O Wii anos antes havia marcado uma reviravolta incrível para a Nintendo que a levou mais uma vez direto ao topo, portanto muito caia nos ombros do Wii U, para replicar o sucesso do Wii e levar a Nintendo para uma nova geração de games. Para a surpresa, principalmente da Nintendo, isso não ocorreu. Muito pelo contrário: O console foi fadado a uma estréia morna seguido de uma queda monumental nas vendas assim que o feriado acabou. Dos jogos disponíveis no lançamento, apenas New Super Mario Bros U e Nintendo Land venderam uma quantia que não foi considerado um fracasso total. O que levou um declínio tão grande visto que a Nintendo vinha dos seus 2 maiores sucessos apenas uma geração atrás? A resposta ironicamente é justamente essa: O sucesso anterior da Nintendo foi o que levou seu fracasso futuro.

NEW CONTROLLER! NEW CONTROLLER! NEW CONTROLLER!
Imagem

O Wii foi um grande sucesso, mas com um porém. O console tentou na sua maior parte invocar um público diferente do que geralmente as empresas tentam focar. Era de um público mais casual, que não tinha muita afinidade prévia com games. Com o Wii U, a Nintendo tinha dois objetivos claros: Trazer de volta o público mais hardcore e ao mesmo tempo dar ao público casual o seu console substituto para a sua plataforma atual. No entanto o sucesso da Nintendo acabou por embriagar a empresa. A Nintendo acreditava que pelo sucesso do console anterior, seus donos simplesmente pulariam para o console seguinte sem perguntas. O resultado disso foi um marketing desastroso que pouco mostrava o porque esse produto novo deveria ser adquirido.
Tudo começa pela revelação inicial do console. Foi-se dado ao console um nome confuso, que deixou as pessoas sem saber se aquele produto se tratava de um console novo ou um acessório do Wii. Os vídeos e trailers iniciais não ajudaram em nada, o fato de ser um console novo foi surpreendentemente não explorado.

Imagem
No lugar, a Nintendo tentava hypar esse “novo controle” com uma tela. Se algumas pessoas estavam já estavam confusas se aquilo era um console ou um acessório, aquilo as deixou ainda mais confusas. Pior ainda era que se a Nintendo tinha dificuldades em explicar o conceito do console, atingir seu público alvo se mostrou um desafio ainda maior. Se lembra o mencionado que a Nintendo queria atingir tanto os casuais como os hardcores? Na prática, não foi bem assim. Comerciais focavam em mostrar principalmente crianças e famílias. O tal publico hardcore era completamente ignorado, e enquanto a Nintendo não atingiu esse público em específico, eles não repararam estar perdendo também os casuais.
Imagem

GUERRA DOS CONTROLES
Imagem
Um dos principais motivos que levou o Wii a deslanchar foi principalmente seu controle. O Wii Remote foi visto na época como uma revolução e algo nunca antes visto. Todos queriam experimentar, todos queriam ver como funciona. E ele parecia perfeito para aqueles que além de jogar também queriam fazer coisas como se exercitar. Parte do foco do Wii U era replicar essa sensação, tanto é que a revelação inicial do console dedicava um bom tempo em mostrar o novo Wii Fit, mas se esbarrou em três grandes problemas. O primeiro era o já mencionado, o público não sabia o que era o Wii U. Um gamer obviamente irá procurar saber melhor se ele não entendeu sobre um produto, mas quanto aos casuais a primeira impressão é a que fica. Eles não voltaram pra entender o que o Wii U era e seguiram em frente.
Imagem
O segundo problema fica com respeito a tecnologia. Os controles de movimentos foram saudados como algo nunca antes visto, mas o mesmo não se podia dizer do Gamepad do Wii U. Tablets já eram um grande fenômeno na época, e eles já tinham muito mais funcionalidades do que o Gamepad. Nada do que a Nintendo mostrou sobre esse controle era “novo”. Até mesmo o conceito de gaming em duas telas, que o Nintendo DS e o Nintendo 3DS já colocavam em prática a muito tempo.
Imagem
O terceiro problema e mais duro pra Nintendo era que aquele publico do Wii já havia seguido em frente. Smartphones eram mais fáceis e acessíveis para satisfazer a necessidade gaming desse publico. E visto que para eles não existe conexão real emocional com consoles ou as empresas que os fabricam, não se importaram com um sucessor do Wii ou em gastar mais dinheiro.A Nintendo acreditava que com o Wii, poderia convencer um público que jogava Just Dance a também jogar Metroid ou Zelda, porém uma década depois, esse público continuava jogando Just Dance e ignorando outras franquias.


UM CONSOLE QUE DEIXOU UM EXEMPLO

Imagem
Como já se foi mencionado, é importante discutir o que levou as vendas baixas do Wii U para entender melhor sobre o console em si e como isso ajudou a moldar o Switch. O Wii U infelizmente também se mostrou um console difícil de se trabalhar, o que unido as vendas fracas levou ao quase que completo abandono das third parties. Quando chegou a hora de se seguir em frente com o próximo console, mudanças seriam necessárias, o que se mostrou um dos motivos mais importantes da existência do Wii U.
A falha da Nintendo em se adaptar as novas gerações se mostraram obvias já quando a vida útil do Wii estava em curso. A Nintendo precisava se adaptar a novos costumes e novas tecnologias, o que ela não fez em tempo o suficiente, parte do motivo era o sucesso do Wii. Mas será que realmente se pode culpar uma empresa nesse sentido? Pra que fazer mudanças drásticas se o que já estão fazendo rende muita grana? No entanto a chegada do Wii U provou uma dura realidade para a Big N: Era necessário se adaptar as mudanças de mercado custe o que custar.
Imagem
Uma das coisas mais tristes de se aceitar para os fãs com respeito ao Wii U era como seus ótimos jogos estavam falhando em vender bem. Mesmo os grandes sucessos se tinham a sensação que não venderam o que deveriam porque a base instalada baixa do console entrou no caminho. Isso era outra lição importante para a Nintendo, mesmo que você tenha jogos ótimos, é preciso saber vendê-los. No final das contas, isso é um mercado e é preciso chegar ao consumidor, pois nem todos vão comprar seu produto simplesmente por lealdade.
O que levanta outra lição importante sobre como e para quem vender seu console. O Wii U queria se atrair a diferentes públicos mas no final acabou por não se atrair a nenhum deles. Quando se compara os comerciais e marketings do Wii U ao Switch se nota uma diferença enorme. Enquanto o Wii U se focou em vender a crianças e famílias, o alvo do Switch é outro: Os jovens adultos. Desde o inicio o foco do marketing do Switch tem sido no hype, pois tem uma concepção maior sobre seu publico. Por mais importante que seja agradar a crianças e casuais,que também são um foco do Switch com projetos como o Labo, são os jovens adultos a maioria da”população gamer” hoje em dia. São eles que buscam noticias diariamente, que participam nas pré-vendas, que vão a eventos ou assistem eles online. Esse era o publico certo para se tentar vender um console, e a Nintendo aprendeu isso da maneira mais difícil com o Wii U.

DAS CINZAS DE UM HERÓI CAIDO
Imagem
A lição aprendida pela Nintendo com o Wii U porém, não se limita apenas na maneira de se vender o console. Quando se para pra raciocinar, o Switch parece surgir de um grande feedback pelo Wii U. Se muitos tinham dficuldade em entender o conceito do Wii U, como Switch a Nintendo aprimorou um conceito simples e fácil de ser entendido pelo mais leigo em videogames. Se o Wii U mostrou um desafio para se desenvolver jogos, o Switch se certificou de ser uma plataforma muito mais maleável para os desenvolvedores. Mesmo que, como o Wii U, perca em potencia para os concorrentes, é um console que funciona na maioria das engines e que não tem dificuldade em se adaptar as diferentes tecnologias.
Imagem
Muitos reclamam do excesso de ports do Wii U para o Switch, mas isso apenas revela a importância do legado do finado console. O Wii U foi um console que não faltou grandes jogos que nunca alcançaram um público maior, o Switch não apenas ajudou esses games a terem uma vida útil maior mas ajudou a levar um publico maior a ótimos jogos que infelizmente eles não tiveram contato.
Muitos estão chegando e se admirando do sucesso do Nintendo Switch, mas a verdade é que foi um grande caminho até lá. Um caminho chamado Wii U. A verdade é que talvez jamais teríamos um console como o Switch se não fosse o Wii U. Erros no meio do caminho acontecem, mas eles são necessários para amadurecermos. O Wii U foi um ótimo console que teve sua grandeza negada, mas suas vendas fracas não atrasaram a Nintendo, a fez andar pra frente. E em frente seguimos com o Nintendo Switch. Para trás, sempre lembraremos em nossos corações de um dos melhores consoles a ser jogado por poucas pessoas.
Imagem
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor ari789 » Seg, 23 Jul 2018, 18:32

Excelente tópico, espero que no futuro as pessoas enxerguem o Wii U assim como enxergam o Dreamcast atualmente

O Wii U era um excelente console, mas que devido a algumas péssimas decisões acabou fracassando feio, eu ainda acho que se a Nintendo tivesse feito um marketing decente como atualmente faz com o Switch, tivesse vendido uma versão sem o GamePad como a Microsoft fez com o XONE as coisas poderiam ter sido um pouco diferentes, o Wii U tem excelentes exclusivos ( que infelizmente deixaram de ser exclusivos graças aos ports para o Switch ) e por mais que muitos odeiem o GamePad, ele era prático e muito funcional quando usado da forma correta, não há duvidas que o conceito do Off-Play TV serviu de inspiração para o On The Go do Switch, o Wii U pode ter fracassado mas pode apostar que ele deixou um baita de um legado.
Imagem

SPOILER

Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Chazzy » Seg, 23 Jul 2018, 20:04

ari789 escreveu:Excelente tópico, espero que no futuro as pessoas enxerguem o Wii U assim como enxergam o Dreamcast atualmente


Nunca serão!

Imagem


O Dreamcast foi o último console de uma empresa que era muito tradicional no ramo e que até hoje tem muitos fãs que se formaram desde a época do Master System, Mega Drive.

A situação é bem diferente com o WiiU, pois apesar do meme, ele não "faliu" a Nintendo.
Imagem
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Silver Snivy » Ter, 24 Jul 2018, 17:57

Uma coisa que me estranha no wii u,foi a confusao com o gamepad. Ele era o principal controle do console,porem so era permitido 1,o resto tinha que pegar pro controllers,ou controles de um console passado,o wii.
:frango: You've Found a Super Chicken!!
\\Imagem//

_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
Avatar do usuário

    • + 0

Re:

Mensagempor ArisonRaik » Qui, 26 Jul 2018, 19:08

Silver Snivy escreveu:Uma coisa que me estranha no wii u,foi a confusao com o gamepad. Ele era o principal controle do console,porem so era permitido 1,o resto tinha que pegar pro controllers,ou controles de um console passado,o wii.


Verdade. Era uma bagunça saber que controles era compativel para qual jogo pra multiplayer. A Nintendo chegou a prometer que ia fazer uma atualização que permitia dois Gamepads no começo da vida do Wii U mas nunca fez nada a respeito.
Avatar do usuário


Voltar para Nintendo

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes

cron