Estava entediado e fiz isso aqui

Área para criações dos usuários. Avatares, assinaturas, textos, etc - solte sua imaginação!
Índice do fórum Fora de Contexto Custom Blast
    • + 1

Estava entediado e fiz isso aqui

Mensagempor Gian » Dom, 18 Fev 2018, 21:03

Well, hoje eu estava estudando para uma prova aí, para aliviar o cérebro, eu escrevi isso, que é um texto inspirado livremente nas HQs de Thor publicadas pela Marvel. Eu nem sei se vou continuar isso ou não. Se eu continuasse, eu ficaria com esse formato de "diário", que é até mais fácil de escrever do que o formato padrão. Bem, fiquem com esse mini-texto aí.

Contos de um Deus Nórdico/Alien adolescente - Introdução

Imagem

Kratos to Atreus: "Who I was is not what you will be. We must be better."

SPOILER

Avatar do usuário

    • + 1

Mensagempor Matemática » Dom, 18 Fev 2018, 21:49

Hum, vamos por partes -q

Eu não curto muito o esquema "desabafo", mas não tenho como sugerir outra forma, já que essa parece funcionar para você. Normalmente prefiro pensar no modelo normalzão de narrativa descritiva e depois adaptar o pensamento, para não acabar ficando meio esquitas algumas partes. Esse modelo de "desabafo" faz com que os elementos fiquem muito "colocados na hora", o que parece um pouco forçado. Claro que não precisa fazer um background de tudo, mas colocar muitas coisas do nada fica ruim para a leitura (lembrando, tudo isso é só a minha opinião, não precisa ser assim -q).

Por causa do que expliquei, algumas coisas do texto ficaram meio "forçadas" para mim, como a parte dos deuses/aliens, o martelo que caiu do céu e o menino tocar guitarra em heavy metal com o pai até não poder mais -q. Vou explicar (inb4 textão):

a parte dos deuses/aliens achei esquisito porque bem, é estranho que o menino tenha sequer ouvido falar em mitologia nórdica algum dia -q. Chamar os deuses lá de aliens por isso fica esquisto, e ainda mais porque ele parece muito "por dentro do assunto" para quem teve um choque de realidade tão grande (que acho que é o que quis passar, o choque). Seria melhor se você ou fizesse com que ele de cara soubesse o que são os deuses e pá, ou então estar completamente perdido sobre, sem sequer saber que os caras lá se chamam de deuses e blablabla. De qualquer forma, acho que um background sobre como é a relação das pessoas aí com os tais deuses/aliens antes fica melhor para dar mais sentido para as coisas (dizer que blablabla antigamente as pessoas acreditavam em deuses e pá, mas com o tempo perderam a fé por conta de isso e aquilo. Hoje o mundo é dominado por gatos com uma seita revolucionária de birbs, algo assim para contextualizar melhor o pensamento do carinha.

O martelo e tal, parece forçar o plot para o menino. Seria melhor que existisse ao menos uma explicaçãozinha para o que aconteceu, mesmo que fosse boba e se desenvolvesse depois. Explicar pouco é melhor do que deixar sem explicação alguma e resolver tudo depois (porque parece que tudo foi inventado de última hora).

E o paranauê do rock... parece quando tentam forçar algo para atrair um público alvo em específico (queria chamar a atenção do pedropedra?) -qqn
Mas sei lá, ficou esquisito. Seria melhor se tivesse um "capítulo" anterior a esse que desse uma noção melhor da personalidade do menino e do relacionamento dele com o pai, assim não ia parecer forçado, acho.

Mas bem, sei que isso é só uma ideia que teve para passar o tempo, e escrevi isso justamente para o tempo passar também. Tenho um relatório chato para fazer mas estou encontrando desculpas para fazer qualquer coisa, menos ele lalalala :espurr:
Imagem

bee-boo-bop bee-bop bee-ba-boo-bop boo-boo
Userbars

Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Sheik » Seg, 19 Fev 2018, 01:13

Evidentemente, a ideia de "deuses nórdicos aliens" você tá puxando do Marvel Cinematic Universe. Bem, se você for por este caminho, terá que traçar com bastante cuidado a barreira entre magia e tecnologia alienígena, par evitar ex Machinas.
Sobre o que o Math disse, acho que tem uma solução bem simples: Ou faz que os deuses sejam de fato deuses, e qualquer um hoje em dia sabe quem é Thor, ou faz que o moleque é fã dos filmes da Marvel (e é ateu) e por isso, logo de cara, já deduz que os deuses são Aliens.
Sobre o formato de desabafo, eu acho que pode ser muito bom se você der a profundidade que pode ter: Neste primeiro capítulo você teria que mostrar que o moleque tá chocado, tá sem palavras e extremamente confuso. Para mostrar o estado mental abalado dele, vc poderia até fazer algo meio Lavoura Arcaica, comentando erros propositais de português para dar o ritmo desejado para a narrativa.
Imagem

PSN, Live, Steam e NNID

Avatar do usuário


Voltar para Custom Blast

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante