Crunchyroll anuncia primeira produção original.

Filmes, séries, quadrinhos, música, TV. Espaço para discutir sobre cultura e entretenimento.
    • + 1

Crunchyroll anuncia primeira produção original.

Mensagempor vits » Qui, 23 Ago 2018, 07:05

Imagem

Em parceria com a Ellation Studios, a Crunchyroll planeja produzir a sua primeira série original. A série é intitulada High Guardian Spice e vai narrar as aventuras de quatro garotas que engessaram em uma academia de guardiões, com o intuito de aprender mágica.

O criador da série é Raye Rodriguez, que anteriormente trabalhou Danger&Eggs!, uma série cancelada da Amazon. Todavia, alguns grandes nomes da industria compõe outras cadeiras dentro do estúdio, como Margaret M. Dean (Produtora dos filmes da Barbie e Frango Robô) e Audu Paden (diretor de Animaniacs).

Também foi liberado um vídeo revelando um pouco mais da série. Porém, este se foca mais em quão progressiva a série e o estúdio são, explicitando, por exemplo, o corpo de escritores que é formado apenas por mulheres, do que na série em si:



----------------------------------------


O estilo visual é muito parecido com o de outras produções, como a da nova She-ra. E a premissa deixa claro que é uma série voltada para o público infantil, o que quando somada ao vídeo super esclarecedor liberado pelo Crunchyroll, não me deixa muito esperançoso em relação a qualidade do produto.
Imagem
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Chazzy » Qui, 23 Ago 2018, 10:45

Mahou Shoujo provavelmente...
Imagem
Avatar do usuário

    • + 1

Mensagempor Akise Aru » Qui, 23 Ago 2018, 14:41

É algo feito de feministas para feministas, logo será ruim.
Avatar do usuário

    • + 0

Mensagempor Marcio Mew » Qui, 23 Ago 2018, 18:54

Parece uma merda, passo.

E se não me engano o Crunchyroll já teve um envolvimento antes numa produção original, Urahara, que foi bem bostinha tmb. A Coisa mais memorável nele é ter a Luna Haruna como seiyuu da protagonista.
Imagem

SPOILER

Avatar do usuário

    • + 2

Mensagempor Mother_Mazza » Sex, 24 Ago 2018, 00:26

Acho algo incrivelmente pretensioso quando alguém usa a carta da diversidade na esperança de "alavancar" seus projetos e sinalizar suas virtudes. Ser dirigido por branco, negro, vermelho com pintas amarelas, homem, mulher, hétero, homossexual não diz bulhufas da qualidade do produto em si, mas sim as habilidades dos envolvidos.

Enfim, o que foi mostrado até agora não me agrada, mas, assim como o novo ThunderCats e a nova She-Ra, não sou o público alvo dessa animação. Vamos ver se a criançada engole isso aí...
Imagem

Userbars

Avatar do usuário


Voltar para Cultura e Tecnologia

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes