O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por Zinid em Qui 01 Set 2016, 22:23

@Allusian escreveu:Olha, as vezes eu tenho aquele sentimento meio vira lata pensando que se rolasse um Mario Galaxy na Steam ia ficar tudo mais fácil e organizado, além de acessível.

Porém, quando retomo a consciência e penso melhor a respeito, vem uma certeza: iria perder a graça. O tempero é justamente ter tantas nintendices, ser jogo de nicho e de um público mais entusiasta. Dificilmente o cara que comprou um Xbox para jogar Assassin's Creed ou Fifa vai saber da existência e importância de Mario, Kirby, Pokémon, Zelda, DK, etc. Tem gente que acha que Mario é jogo de Super Nintendo e cabou ali, SÉRIO.
Para esses caras, os jogos podem até vender, mas não vão ser aproveitados como devem. Se o jogador critica a Nintendo por ser infantil, ele não vai comprar os jogos dela em outras plataformas. Ele vai continuar no FIFA e COD.
A Nintendo está bem como está, tendo sua própria plataforma. Porque quem compra Nintendo, compra para jogar ... Nintendo! Eu tenho um PC gamer, multiplataforma SEMPRE eu compro no desktop. Nintendo é colecionismo, é história, é inovação, é mudança, é... algo diferente. Algo que não dá pra acabar.
Pode ser a minha geração, que começou a jogar no Atari, Master System ou Nintendinho, mas entre meus conhecidos, o pessoal compra o Xbox porque gosta de Forza, Halo e Gears ou PS4 por causa de God of War ou Uncharted ou Nintendo por causa das franquias da Nintendo. Nós (os gamers do meu convívio, com mais de 30 anos) somo agnósticos no que diz respeito à companhia. Queremos é bons jogos.

São dois fenômenos que não compreendo: o sucesso de Fifas, CS's e CoD's e as nintendices. Esses dias mesmo estávamos comentando sobre os melhores jogos desses últimos anos. Aí aparecia da mesma pessoa dizendo Mass Effect e Mario Galaxy ou Witcher e A Link Between Worlds...

Eu acho que a distinção entre gamers e casuais faz sentido, mas que os casuais não jogam só mobile. Pelo contrário, acho que casuais são aqueles jogadores que jogam ou conhecem só um jogo ou gênero. Por tudo isso acho seu argumento válido.

Zinid
Membro Nv.19
Membro Nv.19

Karma Karma : 80
Posts Posts : 215

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por justiceiro em Qui 01 Set 2016, 22:43

A maioria dos problemas que a nintendo teria ao se tornar uma softhouse não seria visível em um primeiro momento. Assim como pokemon go, faria um sucesso tremendo inicialmente, mas lgoo começariam as comparaçãoes e as exigências que vão a quem do que a nintendo atual é capaz de oferecer. A nintendo esse ano lançou seu primeiro jogo como uma softhouse: miitomo. Apesar da empolgação inicial, logo ficou claro que era muito pouco conteúdo, que o app era lento e pesado e não atendeu as expectativas dos usuários.

O que é necessário para atender a demanda desse consumidor? Bem mais conteúdo é a resposta. Para produzir mais conteúdo, a nintendo teria que contratar mais pessoas, mas será que todas ela vão produzir conteúdo de igual qualidade. Será que não será mais difícil polir tudo com o grau que a nintendo atual faz, se for muitas pessoas?

Outra coisa: porque diabos lançar nos consoles quando o público dela está nos smartphones? A nintendo lançou um metroid e um starfox esse ano, duas de suas franquias mais hardcores e que se alinham mais com oq ue o publico de sony e MS tem. Esse títulos agradaram? Não foram polêmicos e criticados? Enquanto isso, títulos como animal crossing e tomodachi life cresce em público em cada novo lançamento. Onde está esse público, eu me pergunto. Fire emblem também é uma das únicas franquias que cresceu essa geração,e adivinha onde veremos o proximo fire emblem e o próximo animal crossing? Exato, mobile. É isso que você querem, que os personagens mais coloridos da nintendo e os únicos que ele conseguem agradar a cada novo lançamento fiquem tudo em jogos super limitados a modelos f2p?

Todos os jogos da nintendo que eram muito complexos estão sendo adaptados para um público mais casual. chibi robo virou 2d. Paper mario perdeua essencia rpg e narrativa complexa, pikimin virou 2D também. O mario 3D tem agora movimentos mais limitados. Zelda até se enamorou com uma perspectiva mais casual com triforce heroes, mas pelo menos o breath of wild parece estar no caminho certo. Splatoon também conseguiu conquistar um público mais hardcore, mas as limitações do online ainda são evidentes. Smash bros está preso em um público que anseia por um jogo mais competitivo, mas o diretor insiste que atrair um novo público é a prioridade.

Se liga galera, num hardware mais poderoso, a nintendo teria que investir mais e também tentar correr atrás do prejuízo com mais DLC, season pass e etc. além de se preocupar mais com servidores. O hardware barato que anitnendo usa é o que mantem os games dela livres dessas prática de negócio modernas e baratos o suficiente pra ter o polimento e charme característicos.

Pra fechar: me fala uma empresa que saiu do ramo de hardware e passou a fazer mais sucesso, jogos melhores e cresceu em geral, e eu calo minha boca.

justiceiro
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 1055
Posts Posts : 1789

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por vits em Qui 01 Set 2016, 22:54

@justiceiro escreveu:
Pra fechar: me fala uma empresa que saiu do ramo de hardware e passou a fazer mais sucesso, jogos melhores e cresceu em geral, e eu calo minha boca.

Bem, a maioria das empresas quando abandona o ramo do hardware estão falindo e portanto tem dificuldades em se restabelecer como desenvolvedoras. Mas tem alguns casos, como a 3DO Company e a Bandai, onde a empresa cresceu depois de abandonar o seguimento.

Depois de abandonar o hardware, a 3DO company se dedicou aos jogos e criou franquias memoráveis como Army Man e Mighty and Magic, mas acabou falindo uma década mais tarde. E a Bandai, abandonou consoles pouco populares como o WonderSwan, se fundiu a Namco e se tornou uma das maiores desenvolvedoras de jogos do mundo.

vits
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 2400
Posts Posts : 4787

Ver perfil do usuário https://miiverse.nintendo.net/users/Viitzz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por Creikt em Sex 02 Set 2016, 02:26

@Allusian escreveu:Se o jogador critica a Nintendo por ser infantil, ele não vai comprar os jogos dela em outras plataformas. Ele vai continuar no FIFA e COD.
A Nintendo está bem como está, tendo sua própria plataforma. Porque quem compra Nintendo, compra para jogar ... Nintendo! Eu tenho um PC gamer, multiplataforma SEMPRE eu compro no desktop. Nintendo é colecionismo, é história, é inovação, é mudança, é... algo diferente. Algo que não dá pra acabar.

Perfeito, é isso aí.

A Nintendo não precisa parar de lançar consoles, precisa rever várias de suas políticas. E o pessoal fica muito nesse papo de softhouse porque o Wii U é o console atual e falhou, mas se esquecem do desempenho que ela teve com o Wii, DS e o 3DS (este nem tanto, mas ainda assim foi um sucesso), onde foi graças à ousadia e a visão que a Nintendo teve do mercado que tivemos games acessíveis e inovadores como nunca teríamos se dependêssemos da Sony e MS.

Melhor torcer para que a Nintendo mude algumas políticas e lançe o NX sem frescuras para que ele consiga uma parte importante do mercado, porque a última coisa que eu quero é que o mercado de consoles se resuma a PS-Xbox, ainda mais com a Sony e MS querendo empurrar upgrades a cada 2-3 anos.

Creikt
Membro Nv.6
Membro Nv.6

Karma Karma : 24
Posts Posts : 82

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por Robert Prado em Sex 02 Set 2016, 08:02

@Creikt escreveu:porque a última coisa que eu quero é que o mercado de consoles se resuma a PS-Xbox, ainda mais com a Sony e MS querendo empurrar upgrades a cada 2-3 anos.
Antes termos updates e suporte aos consoles "desatualizados" por vários anos, do um ciclo de vida de 4 anos somente que é do Wii U. Único jogo que resta é Zelda e nem precisa de um Wii U pra joga-lo

Robert Prado
King Noctis
King Noctis

Karma Karma : 5014
Posts Posts : 5980

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/robert.prado2 https://twitter.com/prado_robert https://www.youtube.com/user/robertprado7 https://miiverse.nintendo.net/users/prado.robert

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por Nan Gamer em Sex 02 Set 2016, 08:28

Acho que a Nintendo tem que rever seus conceitos, apenas isso, pois se ela lança um console poderoso como as demais, com apoio total de thirds, ela simplesmente estraçalharia a concorrencia, pois seus exclusivos são os melhores do mercado em toda a história, gostem ou não.

O que eu acho que ela deveria fazer é um serviço ao estilo do Netflix onde todos os seus clássicos, do NES ao Cube iam sendo adicionados pouco a pouco. Esse serviço poderia ser lançado nos consoles da Sony, Microsoft e PC com um valor X de assinatura mensal. Já pra quem fosse comprar o console da Nintendo ou teria um desconto bacana ou então receberia a assinatura vitalicia do serviço.

Agora em relação aos jogos novos, lançamentos e tudo o mais, melhor se contentarem com os Pokémon Go da vida, ou então comprem um Wii U, 3DS, NX e por ae vai.

Nan Gamer
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 1476
Posts Posts : 1785

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por vits em Sex 02 Set 2016, 10:11

@Creikt escreveu:
@Allusian escreveu:Se o jogador critica a Nintendo por ser infantil, ele não vai comprar os jogos dela em outras plataformas. Ele vai continuar no FIFA e COD.
A Nintendo está bem como está, tendo sua própria plataforma. Porque quem compra Nintendo, compra para jogar ... Nintendo! Eu tenho um PC gamer, multiplataforma SEMPRE eu compro no desktop. Nintendo é colecionismo, é história, é inovação, é mudança, é... algo diferente. Algo que não dá pra acabar.

Perfeito, é isso aí.

A Nintendo não precisa parar de lançar consoles, precisa rever várias de suas políticas. E o pessoal fica muito nesse papo de softhouse porque o Wii U é o console atual e falhou, mas se esquecem do desempenho que ela teve com o Wii, DS e o 3DS (este nem tanto, mas ainda assim foi um sucesso), onde foi graças à ousadia e a visão que a Nintendo teve do mercado que tivemos games acessíveis e inovadores como nunca teríamos se dependêssemos da Sony e MS.

Melhor torcer para que a Nintendo mude algumas políticas e lançe o NX sem frescuras para que ele consiga uma parte importante do mercado, porque a última coisa que eu quero é que o mercado de consoles se resuma a PS-Xbox, ainda mais com a Sony e MS querendo empurrar upgrades a cada 2-3 anos.

Na verdade, esse papo existe desde a descontinuação do Dreamcast, onde as pessoas viram o GameCube como um bom console, mas que foi totalmente esmagado pela concorrência e como a Sega da época estava indo "bem", os comentários sobre a Nintendo se tornar uma softhouse se tornaram mais frequentes.

O fracasso do Wii U e o fracasso inicial do 3DS, apenas reacenderam uma discussão, que acontece a mais de uma década. Sobre ciclos de 2-3 anos, não consigo entender qual o problema disso, se a Nintendo está oferecendo um ciclo de 4 anos, só que com muito menos jogos durante esse período, vide os 1194 e 867 jogos atualmente disponíveis no PS4 e XOne, contra os 802 do Wii U .

vits
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 2400
Posts Posts : 4787

Ver perfil do usuário https://miiverse.nintendo.net/users/Viitzz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por BoBzitoxD em Sex 02 Set 2016, 10:59

EU só tenho um motivo contra, puramente a concorrência, não gosto como o mercado sem concorrência não é legal, eu tive todos os consoles da geração passada, não tenho essa de um console é melhor que o outro, cada um tem seu diferencial, mas mesmo assim, com um bom crescimento do Xbox, o PS ainda domina e se os concorrentes desistirem, aí teremos que aceitar apenas um fazendo jogos e comercializando hardware e mais uma vez, não acho isso interessante.

BoBzitoxD
Veterano Nv.21
Veterano Nv.21

Karma Karma : 266
Posts Posts : 907

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por Creikt em Sex 02 Set 2016, 11:19

@vits escreveu:
@Creikt escreveu:
@Allusian escreveu:Se o jogador critica a Nintendo por ser infantil, ele não vai comprar os jogos dela em outras plataformas. Ele vai continuar no FIFA e COD.
A Nintendo está bem como está, tendo sua própria plataforma. Porque quem compra Nintendo, compra para jogar ... Nintendo! Eu tenho um PC gamer, multiplataforma SEMPRE eu compro no desktop. Nintendo é colecionismo, é história, é inovação, é mudança, é... algo diferente. Algo que não dá pra acabar.

Perfeito, é isso aí.

A Nintendo não precisa parar de lançar consoles, precisa rever várias de suas políticas. E o pessoal fica muito nesse papo de softhouse porque o Wii U é o console atual e falhou, mas se esquecem do desempenho que ela teve com o Wii, DS e o 3DS (este nem tanto, mas ainda assim foi um sucesso), onde foi graças à ousadia e a visão que a Nintendo teve do mercado que tivemos games acessíveis e inovadores como nunca teríamos se dependêssemos da Sony e MS.

Melhor torcer para que a Nintendo mude algumas políticas e lançe o NX sem frescuras para que ele consiga uma parte importante do mercado, porque a última coisa que eu quero é que o mercado de consoles se resuma a PS-Xbox, ainda mais com a Sony e MS querendo empurrar upgrades a cada 2-3 anos.

Sobre ciclos de 2-3 anos, não consigo entender qual o problema disso, se a Nintendo está oferecendo um ciclo de 4 anos, só que com muito menos jogos durante esse período, vide os 1194 e 867 jogos atualmente disponíveis no PS4 e XOne, contra os 802 do Wii U .

VocêS falam como se todo console da Nintendo tivesse um ciclo de 4 anos, ou como se ela tivesse "planejado" o ciclo. Não é esse o caso.

Ele ocorreu porque além do Wii U ter um hardware obsoleto, ainda foi o console da Nintendo com o menor apoio third e o menos vendido videogame de mesa da história, de longe. Vita foi abandonado pela Sony no meio da geração porque falhou, a Sony faz isso com todos os seus consoles? É obvio que não.

O 3DS é prova disto. Foi lançado no início de 2011, e ontem teve uma direct toda dedicada a ele, o suporte já está garantido no mínimo até o ano que vem. E olha que o portátil nem é um fenômeno como foi o seu antecessor.

Quanto ao PS4-XB, bom eu acho um lixo você comprar um console cheio de promessas no lançamento para em menos de 3 anos lançarem uma versão turbinada, o que me faz ficar longe de querer adquirir um hardware dessas empresas e ficar só no PC mesmo.

Creikt
Membro Nv.6
Membro Nv.6

Karma Karma : 24
Posts Posts : 82

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por Nan Gamer em Sex 02 Set 2016, 11:32


VocêS falam como se todo console da Nintendo tivesse um ciclo de 4 anos, ou como se ela tivesse "planejado" o ciclo. Não é esse o caso.

Ele ocorreu porque além do Wii U ter um hardware obsoleto, ainda foi o console da Nintendo com o menor apoio third e o menos vendido videogame de mesa da história, de longe. Vita foi abandonado pela Sony no meio da geração porque falhou, a Sony faz isso com todos os seus consoles? É obvio que não.

O 3DS é prova disto. Foi lançado no início de 2011, e ontem teve uma direct toda dedicada a ele, o suporte já está garantido no mínimo até o ano que vem. E olha que o portátil nem é um fenômeno como foi o seu antecessor.

Exatamente. Bom pegarmos o Wii como exemplo que até hoje recebe os tais Nintendo Selects, além de ter recebido o ultimo jogo acho que esse ano com aquele joguinho Rodea Sky Soldier ( é esse o nome ? ) O que acontece é que é A NINTENDO, e tudo oq gera discussão no nome dela gera uma repercussão infinitamente maior. Agora é obvio que o Wii U foi um mega fracasso comercial, mal planejado, mal distribuido ( até hoje não temos gamepad pra comprar  e jogar de 2, rsrs ), com um péssimo marketing, pois acreditem, conheço pessoas até hoje que não sabem oq ele significa e nem oq é. A Nintendo está deixando o Wii U de lado pelo menos com dignidade, com o jogo que tem tudo pra ser o Goty do ano que vem, mas sem dúvidas será o último prego do caixão.


Quanto ao PS4-XB, bom eu acho um lixo você comprar um console cheio de promessas no lançamento para em menos de 3 anos lançarem uma versão turbinada, o que me faz ficar longe de querer adquirir um hardware dessas empresas e ficar só no PC mesmo.
Mas aí é diferente cara. Nenhum jogo será exclusivo do Neo ou do Scorpion. Fora que pra vc jogar com esses consoles tem que abrir a carteira e comprar uma tela que roda nessa resolução. Então acho que nesse caso não tem tanto mal assim. Eu pelo menos estou absolutamente satisfeito com o meu PS4 e com seus jogos. Pra mim é o novo PS2.

Nan Gamer
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 1476
Posts Posts : 1785

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por michelmdois em Sex 02 Set 2016, 11:43

Dizer que seria bom a Nintendo deixar de investir em pesquisa e desenvolvimento pra investir apenas na produção de jogos é a mesma coisa que dizer que seria bom eles deixarem de produzir jogos e investir mais em pesquisa e desenvolvimento: uma grande besteira que não faz sentido. No cerne da Nintendo sempre esteve o casamento de hardware com software, portanto acho simplesmente impossível a Nintendo ser apenas uma desenvolvedora. E outra, viver em um mundo só com Sony e Microsoft criando hardware seria péssimo e não levaria muito tempo pra industria se resumir em PC. As vendas de consoles caíram MUITO nessa geração, e se a única empresa preocupada realmente com a evolução da industria parar com hardware, pode ver que seria o fim dos consoles em breve.

michelmdois
Membro Nv.11
Membro Nv.11

Karma Karma : 199
Posts Posts : 132

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/michel.montan http://instagram.com/michelmdois https://miiverse.nintendo.net/users/michelmtwo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por vits em Sex 02 Set 2016, 11:52

@Creikt escreveu:
VocêS falam como se todo console da Nintendo tivesse um ciclo de 4 anos, ou como se ela tivesse "planejado" o ciclo. Não é esse o caso.

E você fala como se todo console da Sony e Microsoft fosse se prender a um ciclo de 2-3 anos, quando os supostos PS4 Neo e Xbox One Scorpio nem estão no mercado e essas empresas não sabem, se essa mudança de paradigma vai dar certo e se por consequência, essa prática vai ser mantida.

@Creikt escreveu:
O 3DS é prova disto. Foi lançado no início de 2011, e ontem teve uma direct toda dedicada a ele, o suporte já está garantido no mínimo até o ano que vem. E olha que o portátil nem é um fenômeno como foi o seu antecessor.

Quanto ao PS4-XB, bom eu acho um lixo você comprar um console cheio de promessas no lançamento para em menos de 3 anos lançarem uma versão turbinada, o que me faz ficar longe de querer adquirir um hardware dessas empresas e ficar só no PC mesmo.

Se você se sente assim, então é melhor ficar só no PC mesmo, já que todas as 3 empresas parecem estar apostando nesse mecanismo. Afinal, foi a própria Nintendo com o New 3DS que iniciou a prática durante essa geração, com um console que não é apenas mais poderoso que a versão original, como também foi lançado 3 anos depois desta e possui jogos exclusivos.

vits
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 2400
Posts Posts : 4787

Ver perfil do usuário https://miiverse.nintendo.net/users/Viitzz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por Zinid em Sex 02 Set 2016, 13:53

Só algumas observações:

i) acho que a Sega está melhor atualmente que a Nintendo. A Sega é proprietária de vários estúdios e adquiriu franquias importantes ao longo dos anos, como Total War e Warhammer 40K. A Sega demorou a se reerguer após o Dreamcast, mas parece ter uma estratégia bastante sólida atualmente. O mesmo poderia ocorrer com a Nintendo.

ii) GameCube e Wii são anomalias, no meu modesto entender. O NGC não foi um fracasso como se costuma falar - vendeu 21 milhões, enquanto o Xbox, 24 mihões. Isto em um cenário no qual ninguém menos que a Microsoft apareceu como entrante. O PS2, assim como o Wii, vendeu assombrosamente por particularidades da demanda. O PS2 em razão da facilidade de pirataria e o Wii por causa do público casual. O que não quer dizer que ambos tivessem suas qualidades.

iii) é bem verdade que os jogos da Nintendo possuem uma audiência diferenciada. Mas acredito que o apelo de Marios 3D, Metroids (2D ou 3D) e Zelda é bastante abrangente. Acredito que o próximo Zelda, por exemplo, se estivesse disponível para as três grandes plataformas, venderia mais de 10 milhões em questão de meses. O mesmo se daria com um Metroid Prime.

iv) parece ser correto afirmar que há uma certa cultura peculiar entre os gamers (não sei dizer a porcentagem). Recentemente vimos uma reação negativa por parte dos proprietários de XB1 quando a MS anunciou que os até então exclusivos do Xbox seriam lançados (ainda que mal e porcamente) para o Windows 10. A minha posição é a mesma da MS: sua experiência com um jogo não é prejudicada pelo aumento da oferta deste jogo!

Zinid
Membro Nv.19
Membro Nv.19

Karma Karma : 80
Posts Posts : 215

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por Decidério em Sex 02 Set 2016, 13:56

Sinceramente não vejo vantagem da Nintendo deixar de fazer consoles e portáteis e se focar só em jogos para terceiros. Com isso ela perderia as 60 milhões de vendas de um 3DS e a probabilidade de conseguir de novo as 250 milhões de vendas que teve a geração do DS+Wii.

Acho que é mais interessante pra Nintendo continuar com consoles e portátes, se forem híbridos então, melhor ainda. Mas também acho que Pokémon GO, mostrou que Nintendo deve investir mais em celulares. Pokémon Go é um jogo que só funciona em celulares mesmo, por causa do GPS e 4G, então abre margem pra criatividade. Sem contar que alavancou as vendas do Pokémon XY e OmegaRuby.

Também poderia investir em jogos para PC. Acho que ficaria bem interessante, jogos pensados só para o PC e em sua jogabilidade baseada no mouse. Pikmin, Splatoon e Metroid em primeira pessoa, cairiam bem no PC.

Resumindo: penso que o melhor para a Nintendo é continuar com consoles e portáteis, e também investir mais em celulares e PC.

Decidério
Membro Nv.MÁX
Membro Nv.MÁX

Karma Karma : 194
Posts Posts : 386

Ver perfil do usuário https://pt-br.facebook.com/blog.eddieota http://www.twitter.com/eddieota http://www.youtube.com/user/deciderios https://miiverse.nintendo.net/users/deciderio http://www.eddieota.blogspot.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O caso da Nintendo se tornar uma softhouse

Mensagem por ExtremeZelda em Sex 02 Set 2016, 14:13

O caso da Nintendo virar softhouse é o mesmo caso da Sony e Microsoft virarem  softhouse também. O pessoal só fala da Nintendo, mas se a Sony/Microsoft lançasse seus jogos para as outras plataformas, isso também seria benéfico para o consumidor. Os argumentos usados para a Nintendo também valem para as concorrentes.

Fim

ExtremeZelda
Hero Style
Hero Style

Karma Karma : 1838
Posts Posts : 4191

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/caique.lima.754 https://plus.google.com/u/0/107601872265983050665/posts https://twitter.com/Caique_SLima https://miiverse.nintendo.net/users/CaiqueLimaBR http://heyyeyaaeyaaaeyaeyaa.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum